VMware, máquinas virtuais e o mistério do cursor do rato desaparecido

Os utilizadores de máquinas virtuais criadas com o VMware já com certeza repararam que o cursor do rato desaparece em todas as caixas de texto, dificultando assim o trabalho de quem necessita de recorrer frequentemente a programas do tipo Notepad.

A solução para este problema é bastante simples: basta alterar o nível de aceleração gráfica.

 

Descrição dos passos:

– Dentro da máquina virtual, clicar com o botão direito do rato no Ambiente de trabalho e escolher a opção “Proprieties”

– Na janela “Display Settings” clicar em “Advanced Settings”

– No separador “Troubleshoot” ajustar o nível de aceleração gráfica para o nível 1 (uma posição antes do máximo)

– Aceitar as alterações

Et voilá! Temos o cursor de volta.

 

Explicação do fenómeno para os mais curiosos:

O Windows permite ajustar o nível de aceleração gráfica em função das capacidades de hardware. O nível 0 significa que é delegado no hardware toda a capacidade de gestão gráfica e no nível 5  é o sistema operativo que toma conta de todas as funções gráficas. Como podem imaginar no nível 5 tudo fica muito mais lento. Ao diminuirmos o nível de aceleração para o 1 estamos a dizer ao sistema operativo que as funções de cursor e mapa de bits passam a ser controlados pelo sistema operativo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s