Como determinar qual é o controlador que está a provocar instabilidade

Sempre que ocorre um erro grave no núcleo do sistema operativo e o mesmo não consegue recuperar a estabilidade é apresentado o famoso Ecrã Azul da Morte (Blue Screen of Death em Inglês).

Parte significativa destes erros são provocados por controladores mal comportados que estão a ser executados ao nível do núcleo e a sua instabilidade acaba por se propagar ao núcleo do sistema operativo levando-o a deixar de conseguir responder de forma ordeira e controlada.

Apesar de a partir do Windows XP terem sido incluídos mecanismos que previnem que um utilizador instale sem querer um controlador não testado e/ou não assinado, a verdade é que os utilizadores finais ignoram os avisos e acabam por cometer este erro.

O objetivo deste artigo é documentar um método que pode ser usado para determinar quais são os controladores que não cumprem os requisitos e que podem estar a provocar instabilidade ao sistema operativo.

 

 

Conhecer os diversos tipos de controladores

Sempre que um fabricante cria um controlador para um dispositivo o mesmo tem de passar pelos testes de qualidade (WHQL).

Quando o mesmo não passa nos testes ou não é submetido para testes, este controlador não pode:

  • Não pode ser distribuído pelo Windows Update;
  • Não pode constar da lista de controladores suportados;
  • Não pode usar  o logótipo de certificado;
  • O processo de instalação vai despoletar um alerta para o utilizador;
  • Dependendo da forma como o sistema operativo se encontra configurado, pode a instalação do mesmo ser impedida de forma automática.

Submeter todos os controladores para certificação é uma tarefa morosa e dispendiosa, por isso é usual os fabricantes apresentarem nos seus portais de internet controladores certificados (WHQL), controladores finalizados mas não certificados e controladores não finalizados (em fase de testes ou em fase beta).

image

Quando se trata de estabilidade os controladores certificados são aqueles que mais garantias oferecem, por isso, devem ser aqueles os escolhidos.

Existem ainda alguns fabricantes que por questões de investimento optam por não adaptar os seus controladores às novas versões do sistema operativo, fazendo com que os utilizadores tenham de instalar versões “antigas” e não “afinadas” à nova versão. Este tipo de situações pode dar origem a instabilidade pois todo o software precisa de ser atualizado e adequado à evolução natural da tecnologia. É frequente observarmos este comportamento no mundo dos periféricos, nomeadamente impressoras.

 

 

Como obter uma lista de controladores antigos e ou não assinados

O utilitário “Verifier” (Gestor de verificador de controladores) tem a capacidade de listar os controladores instalados, mostrar se os mesmos foram ou não desenvolvidos para este sistema operativo e tem a capacidade de executar uma série de testes sobre os mesmos para validar a sua robustez.

Este utilitário é gratuito, encontra-se disponível em todas as versões e edições do Windows desde o Windows XP e é possível operar o mesmo através da linha de comandos ou através de um interface gráfico.

Para se obter uma lista de controladores instalados, basta efetuar os seguintes passos:

  1. Executar executar o comando “Verifier” (com privilégios de administração)
  2. No ecrã inicial escolher a opção “Criar definições padrão”
  3. Clicar em “Seguinte”
  4. No ecrã “Seleccionar quais os controladores a verificar” escolher a opção “Seleccionar nomes de controladores de uma lista”
  5. Clicar em “Seguinte”

Neste ecrã para além do nome físico do controlador, é apresentada a informação do fornecedor e a versão. Na coluna versão é possível observar se o controlador foi ou não desenvolvido para esta versão do Windows ou para uma versão anterior.

image

Para se obter uma lista de controladores não assinados, os passos a efetuar são os seguintes:

  1. Executar executar o comando “Verifier” (com privilégios de administração)
  2. No ecrã inicial escolher a opção “Criar definições padrão”
  3. Clicar em “Seguinte”
  4. No ecrã “Seleccionar quais os controladores a verificar” escolher a opção “Seleccionar automaticamente controladores não assinados”
  5. Clicar em “Seguinte”

Neste ecrã são apresentados os controladores que não se encontram assinados digitalmente, ou seja, controladores que não foram submetidos para controlo do Windows Hardware Quality Labs.

image

 

 

Como testar um controlador

Através deste utilitário é possível efetuar uma bateria de testes aos controladores que quisermos. Na eventualidade de estarmos perante a análise de um BSDO, devemos começar a nossa investigação pelos controladores não assinados e só depois passarmos para os controladores não desenvolvidos para a versão atual do sistema operativo.

O processo de lançamento de testes é simples:

  1. Através do utilitário “Verifier” assinalar o(s) controlador(es) que se pretende testar
  2. Reiniciar o computador

No arranque do computador e sempre que o controlador seja evocado pelo sistema operativo serão efetuados testes. Se voltar a ocorrer um ecrã azul, podemos, para além de analisar o registo de erros, assumir que o controlador em falta é aquele em específico que pedimos para testar.

É importante mencionar que estes testes serão constantemente efetuados até que o utilizador especifique que já não pretende efetua-los. Para desativar a opção de verificação, é necessário efetuar o seguinte:

  1. Executar o comando “Verifier”
  2. No ecrã principal escolher a opção “Eliminar definições existentes”
  3. Reiniciar o computador

ou em alternativa, na linha de comandos executar:

  1. verifier /reset
  2. E reiniciar o computador

image

 

 

Recursos adicionais:

Página oficial “Windows Logo Kit”

http://msdn.microsoft.com/en-us/windows/hardware/gg487530.aspx

Centro de compatibilidade do Windows 7

http://www.microsoft.com/windows/compatibility/windows-7/pt-br/default.aspx

Artigo técnico de como usar o Gestor de verificador de controladores

http://support.microsoft.com/kb/244617

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s